6º ano. Profª Luciane Gotardo. História - Modos de vida na América: Maias, Astecas e Incas.

18/07/2021

Olá queridos alunos! Como é bom mantermos nosso aprendizagem, mesmo que neste sistema remoto, com muita esperança que estamos próximos do fim desta pandemia. Retornamos agora depois deste recesso, com muito entusiasmo e coragem para continuar neste segundo semestre. Vamos conhecer um pouco dos povos que viveram aqui na América antes de Colombo chegar!

Correção das atividades propostas sobre o conteúdo: 21/06 a 05/07/21 - Egito Antigo.

1)Sobre o papel do rio Nilo na estruturação da sociedade no Egito Antigo, é correto afirmar que: a) permitia a atividade econômica e, com suas cheias regulares, garantia a estabilidade político e o domínio simbólico dos faraós.

2) Sobre o Egito antigo, é correto afirmar que: d) a economia era baseada na agricultura e na criação de animais, atividades vinculadas a um complexo sistema de irrigação.

3) A religião estava presente em todos os aspectos da vida no Antigo Egito. A medicina, inclusive, era impregnada de elementos mágicos e religiosos. A relação entre religião e medicina no Antigo Egito era evidente na medida em que: b) as técnicas desenvolvidas na medicina foram estimuladas pela necessidade de preservar o corpo para a vida após a morte.

4) No Egito Antigo a maioria da população vivia em condições materiais precárias de existência. Constituía um grupo privilegiado da sociedade egípcia: d) os sacerdotes.

5) Sobre a organização social do Antigo Egito, é correto afirmar: d) dentro da aristocracia, formada por sacerdotes, burocratas e nobres, destacavam-se os escribas, responsáveis pela organização administrativa do Império.

Atividades do livro didático: página 114 - número 1, 2 e 3. Correção: 1) O faraó era o rei e o supremo sacerdote do Egito Antigo. Era considerado um deus encarnado, escolhido por outros deuses para garantir a estabilidade no mundo. Com sua autoridade divina, o faraó definia os objetivos do governo.

2)Os camponeses não tinham autonomia para decidir o que fazer de suas vidas: eram obrigados a obedecer às convocações periódicas do faraó, fosse para trabalhar nas obras públicas, fosse para servir ao exército.

3)a)A múmia representaria uma fonte valiosa para o conhecer o modo de vida, as técnicas, os costumes e as crenças religiosas do Egito Antigo. O personagem brinca com os filmes de terror que mostram múmias saindo dos sarcófagos e perseguindo turistas, visitantes de museus e pesquisadores. Mas, se você "segue os passos da múmia", ela te conduzirá ao passado faraônico, revelando a cultura, os saberes e os valores daquela civilização.

b)Para os pesquisadores atuais (arqueólogos e historiadores) as múmias são fontes de estudo do passado egípcio. Para o público dos museus, as múmias são objeto de curiosidade, fascínio e, reflexão e indagação. Para os antigos egípcios as múmias eram o resultado de um ritual funerário a auxiliar o morto em sua caminhada pelo mundo inferior, por isso, o corpo era mumificado para que pudesse nascer para a eternidade.

Conteúdo do período de 06/07 a 31/07/21: Modos de vida na América - Mesoamérica e Andes: Maias, Astecas e Incas.

A América Antes dos Europeus. Em toda América povos que viviam em regiões vizinhas mantinham contatos entre si, esses contatos permitiam a formação de modos de vida semelhantes.

Povos mesoamericanos:

Maias → ocupavam uma enorme região, onde estão atualmente a Guatemala, parte de Honduras, El Salvador e México. A antiga cultura maia durou mais de 1000 anos. Viviam em cidades-Estado, nessas cidades as grandes construções demonstravam o poder dos governantes para reunir um elevado número de trabalhadores, na verdade esses trabalhadores eram obrigados a trabalhar nessas construções, o que demonstra que existia uma desigualdade social entre os maias. Tiveram seu auge durante o período de 250 d.C. a 900 d.C, conhecido como Período Clássico. Os maias são conhecidos por terem tido uma das mais sofisticadas civilizações pré-colombianas. Sobre a religião maia, acreditava em mais de um deus, portanto, eram politeístas. Eles, assim como outros povos mesoamericanos, consideravam que os seus deuses habitavam em um local chamado Tamoanchan, um paraíso mitológico. Esse povo acreditava que os acontecimentos do mundo natural eram regidos por forças espirituais e pelo poder dos ancestrais. 

 Decadência dos maias.

A civilização maia viveu seu auge durante o período entre 250 d.C. e 900 d.C. A falta de alimentos resultante da superpopulação e do esgotamento da terra, desastres naturais, doenças, além das guerras. Durante o enfraquecimento da civilização maia, alguns locais perderam, de maneira drástica, um grande número de habitantes. Essas pessoas mudaram-se para outros locais da Mesoamérica em busca de melhores condições para viver. Com isso, grande parte das cidades maias foram abandonadas e, quando os europeus chegaram à Mesoamérica, encontraram essas cidades total ou parcialmente vazias.

A cultura maia por inúmeros motivos são chamados de "Gregos do Novo Mundo". Assim como os gregos antigos, os maias nunca formaram um Estado unificado. Além disso, o grande desenvolvimento artístico e científico fez com que os maias fossem comparados aquele povo antigo europeu. A arquitetura das grandes cidades maias conta com grandes templos, palácios e pirâmides em degraus. Apesar de essas construções conterem uma série de imperfeições (como paredes tortas, ângulos nem sempre corretos), o efeito que causa a sua grandiosidade serve aos seus propósitos: deixar o visitante pasmo com o poder do povo que ali habitava.

Astecas → chamavam a si mesmos de mexicas, que é a origem do nome México. Construíram um grande império, cuja cidade principal era Tenochititlán. Onde se localiza atual Cidade do México. Calcula-se que essa cidade chegou a ter mais de 500 mil habitantes. Na sociedade asteca, os mais importantes grupos sociais eram os sacerdotes e guerreiros. Realizavam sacrifícios humanos, geralmente dos prisioneiros conquistados nas guerras. Sacerdotes: Aprendiam a escrita asteca repleta de desenhos complexos, para se tornar sacerdote era necessário passar por uma escola especial muito rígida e cheia de punições. Camponeses pobres: formavam a maioria da população asteca tinham acesso às escolas, diferentes das escolas dos sacerdotes e menos rígidas. Comerciantes: Faziam, através do comércio, contato com várias regiões da Mesoamérica. Escravos: em geral eram prisioneiros por dívidas ou capturados em guerras, a escravidão não era hereditária entre os astecas.

Andes.

Incas. Seus domínios, que se estendiam pela costa ocidental da América do Sul, abrangiam mais de 4000 km. Por volta 1500, calcula-se que reunia cerca de 15 milhões de pessoas. O Império Inca era ligado por várias estradas que tinham terminavam na capital, Cuzco, que significa "umbigo do mundo".

O idioma oficial do império era o quéchua, que até hoje é falado por grupos indígenas do Peru, Bolívia, Equador, Chile, Colômbia e Argentina. Os imperadores incas eram conhecidos como incas, ou sapa inca, que significa "o imperador supremo"

Vários deuses eram adorados, o Sol Inti era o principal. O soberano era considerado descendente do Sol Inti, sendo reverenciado como um deus, era, portanto, uma Teocracia (governo de um deus). Por ser um território extenso as práticas religiosas variavam, haviam vários lugares considerados sagrados. Faziam sacrifícios aos deuses, a lhama era um dos animais sacrificados, mas havia também sacrifícios humanos. A agricultura era desenvolvida nas encostas das montanhas, algumas pareciam grandes escadas. A batata era um dos principais produtos agrícolas cultivados, mas também cultivavam feijão, milho e frutas.

1)Os Maias foram uma das primeiras grandes civilizações da Mesoamérica e tinha um produto que era a base de sua força. Qual produto era a base da alimentação do Império Maia?

A) Feijão                        B) Cacau

C) Arroz                         D) Milho

2)Onde se localizava o Antigo Império Asteca?

A) México                             B) Argentina

C) Suriname                         D) Peru

5 - Os Astecas e Incas acabaram sendo derrotados e conquistados por uma grande nação europeia da época. Qual era essa nação?

A) Portugal                              B) Inglaterra

C) França                                D) Espanha 

Observe o gráfico acima e elabore um texto com as informações de cada povo que viveu na América antes de Colombo chegar:

Usando o Livro didático, faça a leitura do conteúdo do capítulo 5: Modos de vida na América: Mesoamérica e Andes, das páginas 56 a 64, observando as imagens de mapa e também da arquitetura das civilizações que viveram aqui na América. Depois faça a atividade da página 65, número 2. Para saber mais assista o vídeo do canal do youtube:https://youtu.be/SHnjBunFR2Q. Estamos vivendo o momento dos jogos olímpicos, vamos fazer uma pesquisa sobre este assunto, como você conseguir, pode ser um comentário de uma reportagem, um desenho do mascote, assim que realizar me envie fotos pelo celular (27) 999840297. Obrigada profª Luciane!!