ARTE- 7º ANO: A, B, C e D – Prof. Gloria

01/11/2021

ARTE- 7º ANO: A, B, C e D - Prof. Gloria - 01/11/21 A 31/11/21

EMEF "Darcy Ribeiro"

Turma:

Aluno(a):

Turno:

Professora: Gloria Gean Silva

3º Trimestre

Disciplina: Artes

Habilidades:

(EF69AR31) Relacionar as práticas artísticas às diferentes dimensões da vida social, cultural, política, histórica, econômica, estética e ética.

(EF15AR25) Conhecer e valorizar o patrimônio cultural, material e imaterial, de culturas diversas, em especial a brasileira, incluindo-se suas matrizes indígenas, africanas e europeias, de diferentes épocas, favorecendo a construção de vocabulário e repertório relativos às diferentes linguagens artísticas.

Data: ......../......../..........

ARTE - Temas transversais: Novembro Azul e Consciência Negra:

NOVEMBRO AZUL: PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO PRECOCE

Assim como no mês de Outubro, Novembro também é voltado para a conscientização. Novembro Azul, nome pelo qual é conhecida a campanha, visa levar informações e reforçar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata, que é o mais frequente entre os homens no mundo todo. Por conta disso, viemos trazer algumas informações acerca da doença.

HÁBITOS SAUDÁVEIS E HIDRATAÇÃO

Para começar, é necessário explicar como age o câncer no organismo da pessoa. A doença é caracterizada pela multiplicação das células defeituosas, encontradas normalmente nas glândulas que fazem a produção do líquido seminal. Entretanto, na maioria dos casos, o processo de evolução do câncer é lento, o que faz com que uma detecção precoce aumente as chances de cura em até 90%.

Por conta disso, é muito importante que os níveis de toxina de nosso corpo estejam sempre baixos. Mas, como é que mantemos esses níveis controlados e como fazemos a prevenção da doença? Dessa forma, separamos alguns fatores importantes:

Dieta saudável: uma dieta à base de alimentos ricos em nutrientes, como frutas, verduras, grãos e com pouca quantidade de gordura, ajudam a desintoxicar o organismo;

Praticar atividades físicas: manter uma rotina de exercícios é, sem dúvidas, um dos melhores meios para se evitar uma série de problemas de saúde, e o câncer é um deles. Por isso, pratique pelo menos 30 minutos de exercícios diariamente;

Hidratação: a água é de extrema importância para nossa saúde. Portanto, manter-se hidratado e ingerir a quantidade de água necessária diariamente ajuda e muito na prevenção da doença. Certifique-se que a água que está ingerindo vem de uma fonte confiável. Por conta disso, procure os bebedouros e purificadores com o Selo do Inmetro, que garante a confiabilidade da água.

Evite maus hábitos, como: fumar, ingerir grande quantidade de álcool, comidas processadas e fast-food.

A DOENÇA NÃO É BRINCADEIRA!

Infelizmente, ainda existe muito preconceito acerca do câncer de próstata. Por isso, o movimento tem como um dos objetivos combater esse pensamento preconceituoso, principalmente sobre a realização do exame de toque retal. O exame é um dos meios mais comuns de identificação do câncer, junto com o PSA.

O QUE SIGNIFICA A SIGLA PSA?

O antígeno prostático específico (PSA) é usado principalmente para rastreamento do câncer de próstata em homens assintomáticos. É também um dos primeiros exames realizados em homens que apresentam sintomas que podem ser causados ​​pelo câncer de próstata.

É recomendado que os homens, a partir dos 50 anos de idade, façam o exame anualmente. Entretanto, grupos de risco devem começar a realizar o exame aos 45 anos. Um dos exemplos desse grupo são os homens que tiveram familiares com a doença antes de 60 anos, o que aumentaria a chance de se desenvolver o câncer em até 10 vezes.

Portanto a realização do exame é essencial para a prevenção da doença, além de adquirir os hábitos saudáveis.

FONTE: Editado: Por Dr. Cânovas / 08 DE NOVEMBRO DE 2019[g1]

Atividade 1: Faça a leitura do texto do tema referente ao assunto Novembro Azul, sobre campanha para o exame de prevenção ao câncer de próstata e a importância de se ter um diagnóstico precoce dessa doença para os homens acima dos 50 anos. Responda as perguntas logo abaixo:

1) O mês de novembro é dedicado a qual campanha de saúde?

2) Qual é o símbolo e a cor utilizada nessa campanha de Novembro? E o porquê?

3) Quais são as práticas saudáveis que ajudam no tratamento do câncer de próstata?

4) Quais são as práticas e hábitos nocivos que contribuem e atrapalham no tratamento do câncer de próstata?

5) Segundo o texto. Por que a doença não é brincadeira?

6) O que significa a sigla PSA?

7) Qual é a idade recomendada para que os homens comecem a fazer o exame de prevenção ao câncer de próstata de acordo com o texto? Por que?

8) No seu caderno de desenho, faça um desenho com uma mensagem referente a Campanha do Novembro Azul.

OBS: Fazer uma margem com régua 1,5 cm, desenhar com lápis, contornar o desenho com caneta ou canetinha e colorir, usando os símbolos, como: o laço azul, rosto e ou figuras masculinas, bigodes.

O QUE O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA REPRESENTA?

Dia da Consciência Negra é uma data significativa, pois traz à luz questões importantes: o racismo e a desigualdade da sociedade brasileira. É uma data que relembra a luta dos africanos escravizados no passado e que reforça a importância da realização de novas lutas para tornar a nossa sociedade mais justa.

Ainda hoje, o racismo é um dos grandes problemas da sociedade brasileira.

O Dia da Consciência Negra é importante para relembramos que a nossa sociedade foi construída por meio da escravidão. Por mais que melhorias e mudanças tenham acontecido, a falta de oportunidades para a população negra, o racismo presente nos detalhes do cotidiano e as tentativas de apagamento de cultura africana evidenciam que ainda temos um longo caminho a ser trilhado. É disso que se trata o Dia da Consciência Negra.

Alguns indicativos podem nos ajudar a entender o problema do racismo no Brasil, já que inúmeras pesquisas a respeito disso tem sido realizada nos últimos anos. Em um levantamento realizado após as eleições de 2018, somente 4% dos políticos eleitos para o Legislativo autodeclaram-se negros. A pesquisa indicou que, entre deputados distritais, estaduais, federais e senadores, somente 65 dos 1626 eleitos declaravam-se negros.

Outros dados apontam que cerca de 56% da população autodeclara-se negra (pretos ou pardos), mas, entre os mais ricos, os negros representam somente 17,8%. Em contrapartida, os negros representam 75% dos mais pobres, além de corresponderem à maioria dos presos no Brasil: 65%.

Além disso, os negros são mais condenados que os brancos quando são processados por posse de drogas. No entanto, paradoxalmente, eles são apreendidos com doses menores de substâncias ilícitas em relação a condenados brancos. Não só a justiça demonstra ser mais rigorosa contra os negros, mas a polícia também, uma vez que 76% dos mortos pela polícia são negros.

Também é válido mencionar que, no mercado de trabalho, os negros também sofrem com o preconceito, pois, recebem, em média, 1200 reais a menos em comparação com os trabalhadores brancos. Até no desemprego, os negros sofrem mais, uma vez que mais de 60% dos desempregados são negros.

O racismo foi tão impregnado na cultura do brasileiro que até no vocabulário ele se manifesta. Expressões como "da cor do pecado", "denegrir", "mulato", "cabelo ruim" (para se referir ao cabelo crespo), entre outras tantas, denotam claramente o racismo e surgiram do legado dos mais de 300 anos de escravidão no Brasil.

A cultura religiosa oriunda dos negros africanos também sofre bastante com o preconceito no Brasil. Na década de 1930, as chamadas religiões de matriz africana eram proibidas no Brasil. Atualmente, apesar de a Constituição prever a liberdade religiosa, o que se vê em nosso país é que as religiões de matriz africana são intensamente perseguidas. Um fenômeno recente são as ações de vandalismo cometidas contra terreiros nos quais se praticam os encontros de umbanda e do candomblé.

Até na escola, há enorme resistência com a cultura africana, pois há pais de alunos que se recusam a permitir que seus filhos tenham acesso a conhecimentos e saberes relativos às culturas de origem africana. Até mesmo professores, muitas vezes, recusam-se a ministrar os assuntos relacionados com a cultura afro-brasileira para os alunos, apesar de existir uma lei que determine que o ensino da cultura afrodescendentes seja dada nas escolas.

O Dia da Consciência Negra é o momento no qual podemos tomar consciência do racismo que nos cerca e nos posicionar por mudanças em busca de um país mais justo e sem racismo.

REFERÊNCIA: https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-nacional-da-consciencia-negra.htm

Atividade 2: Faça a leitura dos temas referentes ao mês de novembro sobre 20 de novembro Dia da Consciência Negra e a luta contra o racismo no Brasil. Responda as perguntas logo abaixo:

1) Segundo o texto o que o Dia da Consciência Negra representa?

2) O que é racismo? (Resposta pessoal)

3) "Alguns indicativos podem nos ajudar a entender o problema do racismo no Brasil, já que inúmeras pesquisas a respeito disso tem sido realizada nos últimos anos. Em um levantamento realizado após as eleições de 2018, somente 4% dos políticos eleitos para o Legislativo autodeclaram-se negros. A pesquisa indicou que, entre deputados distritais, estaduais, federais e senadores, somente 65 dos 1626 eleitos declaravam-se negros". Por que no Brasil são poucos os políticos negros elegidos? (Resposta pessoal)

4) O racismo foi tão impregnado na cultura do brasileiro que até no vocabulário ele se manifesta. Cite expressões racistas faladas no cotidiano pelas pessoas?

5) Cite 3 ações positivas de luta contra o preconceito racial?

6) No seu caderno de desenho, faça um desenho com uma mensagem referente ao dia 20 de novembro "Dia da Consciência Negra".

OBS: Fazer uma margem com régua 1,5 cm, desenhar com lápis, contornar o desenho com caneta ou canetinha e colorir.

Atividade 3 - ATIVIDADE COMPLEMENTAR: 7º ano

* Leia e faça as atividades propostas do livro didático do capítulo 4 e das páginas 66,67,68, citadas logo abaixo, no seu caderno de Arte.*

Livro didático Se liga na Arte 7º ano - Capítulo 4

  • Foco na história - Hydraulos, o órgão hidráulico grego - página 66.
  • A arte que vai a mesa - de Jorge Menna Barreto. Restauro - página 67.
  • Para refletir - Perguntas referentes a obra Restauro de Jorge Menna Barreto - página 68.