ARTE- 8º ANO: A, B, C e D – Prof. Glória - 07/06/21 a 20/06/21

07/06/2021
Monet - Impressão do nascer do sol
Monet - Impressão do nascer do sol

Queridos alunos! Hoje iniciamos uma nova etapa do nosso ano letivo de 2021. Estamos começando o segundo trimestre, vamos continuar com muita determinação em busca de conhecimento e de aprimoramento pessoal. Espero que todos vocês tenham êxito nessa nova jornada. Estaremos sempre torcendo por vocês.

SÉCULO XIX NA EUROPA: O IMPRESSIONISMO

O Impressionismo foi um movimento que revolucionou a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX. Os impressionistas buscavam observar os diversos efeitos de a luz solar sobre os objetos ao longo do dia para registrar na tela as variações provocadas nas cores da natureza. Eles não chegaram a formar uma escola ou sistema; apenas compartilharam algumas técnicas e procedimentos.

Os grandes pintores impressionistas

O primeiro contato do público com os impressionistas foi em uma exposição coletiva realizada em Paris em 1874. O público e os críticos, porém, reagiram mal ao movimento, pois ainda se mantinham fiéis à pintura tradicional. Só na década seguinte os impressionistas começaram a ser compreendidos.

Monet: as cores mutáveis da natureza

O francês Claude Monet (1840 - 1926) apreciava a pintura ao ar livre, que lhe permitia reproduzir os efeitos da luz solar diretamente da natureza. O maior exemplo desse interesse está na série que teve como tema a fachada da catedral de Rouen. Ele a pintou em vários momentos do dia, registrando as diferentes impressões que ela lhe causava.

Renoir: alegria e otimismo

Dos impressionistas, o francês Pierre Auguste Renoir (1841 - 1919) foi o que ganhou maior popularidade, chegando a ter o reconhecimento da critica ainda em vida. Seus quadros expressam otimismo, alegria e a intensa movimentação da vida parisiense das últimas décadas do século XIX.

Em 1869, Renoir envolveu-se em uma curiosa coincidência. Ele e Monet pintaram a mesma cena: um grupo divertindo-se próximo a um rio. O fato, além de dar fama às telas, mostrou bem o empenho de ambos os artistas em explorar as superfícies que refletem luz.

Degas: a luz dos ambientes fechados

O francês Edgar Degas (1834 - 1917) participou do Impressionismo, mas desenvolveu um estilo diferente: além da cor, a grande paixão dos impressionistas, ele valorizava o desenho. Pintou poucas paisagens e cenas ao ar livre: em seus quadros predominam os ambientes interiores, onde a luz é artificial. Seu grande interesse era flagrar um momento da vida das pessoas, aprender um instante do movimento de um corpo ou da expressão de um rosto.

A tentativa de flagrar instantes revela a influência da fotografia sobre Degas. É inegável a semelhança de alguns de seus quadros com fotos instantâneas: as pessoas são pintadas como se estivessem sido registradas em um momento da ação que realizam, despreocupadas com a presença do artista.

A evolução do Impressionismo:

O Pontilhismo

Em 1886 ocorreu na França a última exposição coletiva dos impressionistas. Uma nova tendência artística teria lugar com dois de seus participantes - Georges Seurat e Paul Signac -, que aprofundaram as pesquisas impressionistas quanto à percepção óptica, isto é, o modo como os objetos são vistos.

Georges Seurat (1859 - 1891), em especial, reduziu as pinceladas a um sistema de pontos uniformes que, no conjunto, permitem perceber uma cena. Essa técnica foi chamada de pontilhismo: as figuras são representadas com fragmentos ou pontos, cabendo ao observador percebê-las como um todo plenamente organizado.

Paul Signac foi outro grande pintor que dominou a técnica pontilhista. Ele gostava de observar o movimento o movimento da água no mar e nos rios, e procurou registrá-lo em muitas de suas obras.

PROCEDIMENTOS GERAIS DOS IMPRESSIONISTAS

 A pintura deve registrar as tonalidades que os objetos adquirem ao refletir a luz solar num determinado momento, pois as cores da natureza se modificam constantemente dependendo da incidência da luz do Sol.

 As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é só uma forma encontrada pelo ser humano para representar, por meio de imagens, a natureza, os objetos, os seres em geral, etc.

 As sombras devem ser luminosas e coloridas, tal como é a impressão visual que nos causam, e não escuras ou pretas, como os pintores as representavam até então.

 As cores e tonalidades não devem ser obtidas pela mistura das tintas na paleta. Devem ser puras e utilizadas na tela em pequenas pinceladas. É o observador que, ao apreciar a pintura, combina as várias cores, obtendo o resultado final. A mistura das cores passa a ser, portanto, resultado do olhar humano, e não da técnica do pintor, pois ele não as misturas em sua paleta.

A PASSAGEM DA LUZ EM ROUEN

A catedral de Rouen, importante cidade da França, começou a ser erguida no final do século XII e é uma das mais belas construções góticas francesas. Observe, nas três telas ao lado, a variação das cores e da aparência da fachada da catedral. A causa dessa variação é a mudança da luz solar: Monet fez as pinturas em diferentes momentos do dia, comprovando sua ideia de que as cores da natureza e dos objetos expostos ao ar livre se modificam constantemente, dependendo da incidência da luz do Sol.

A CONSTRUÇÃO COM PONTOS

Observe no quadro (Tarde de domingo na Ilha de Grande Jatte) uma forma de lazer comum até hoje: passar algumas horas da tarde de domingo em um agradável parque. Os trajes e os acessórios masculinos e femininos são típicos do século XIX.

Note como esta obra foi construída com pequenos pontos. O que mais chama a atenção é como o artista conseguiu criar áreas de luz e sombra: os pontinhos mais escuros nos sugerem as sombras causadas pelas copas das árvores e pelas sombrinhas das mulheres.

QUESTIONÁRIO: O IMPRESSIONISMO

1) Marque X na alternativa correta: OBS: Só tem uma resposta certa.

"O Impressionismo foi um movimento que revolucionou a pintura e deu início as grandes tendências da arte do século XX".

I. Os Impressionistas buscavam observar o efeito da sombra sob os objetos;

II. O Impressionismo teve início no século 18;

III. O efeito da luz nas cores é o objeto de estudo e foco de trabalho dos impressionistas;

IV. Os impressionistas não chegaram a formar uma escola ou sistema, mas revolucionaram a pintura à partir do século 20.

a) (   ) F - F - V - V

b) (   ) F - V - F - V

c) (   ) V - V - F - F

2) Dentre os grandes pintores impressionistas podemos destacar:

a) (   ) Monet, Manet e Renoir;

b) (   ) Degas, Renoir e Manet;

c) (   ) Monet, Renoir e Degas;

3) Marque verdadeiro ou falso para as frases sobre o pintor Renoir.

I. A obra de Renoir foi influenciada pelo sensualismo e elegância do Rococó;

II. Pierre Auguste Renoir gostava de pintar em estúdio fechado;

III. Renoir foi o pintor menos popular dentre os impressionistas;

IV. Renoir envolveu-se em uma curiosa coincidência: Ele e Monet pintaram a mesma cena;

a) (   ) F - V - F - F

b) (   ) V - F - F - V

c) (   ) F - V - F - V

4) Sobre a obra "Fachada da Catedral de Rouen" podemos afirmar que (...).

a) (   ) Comprova que a luz não provoca nenhum efeito sobre a obra

b) (   ) O artista a pintou em vários momentos do dia, registrando as diferentes impressões que lhe causava

c) (   ) Foi um quadro produzido em estúdio à partir de uma fotografia

5) Sobre o pintor Degas, marque a alternativa correta.

a) (   ) Era francês e não participou do impressionismo pois desenvolveu um estilo diferente;

b) (   ) Era um artista que relutava para não ceder a influência da fotografia;

c) (   ) Não valoriza o desenho.

6) Em se tratando de construção com pontos, o que podemos marcar como alternativa certa?

a) (   ) Nesse tipo de trabalho o que mais chama atenção é como o artista conseguiu criar áreas de luz e sombra;

b) (   ) No quadro "Tarde de domingo na Ilha de Grande Jatte" os trajes são típicos do século 20.

c) (    ) Monet era pintor do movimento artístico pontilhismo também.

7) Sobre os procedimentos gerais dos impressionistas marque Verdadeiro ou Falso.

I. As cores e tonalidades são obtidas pela mistura das tintas;

II. A pintura deve registrar as tonalidades que os objetos adquirem ao refletir a luz solar num determinado momento;

III. As sombras devem ser escuras ou pretas como sempre foi representada pelos pintores até então;

IV. As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é só uma forma encontrada pelo ser humano para representar.

a) (   ) F - F - F - V;

b) (   ) V - V - F - F;

c) (   ) F - V - F - V;

8) Qual é causa da variação de cor nos quadros impressionistas?

a) (   ) O uma pintura com valorização da luz e sombra pintado de preto

b) (   ) Mudança da luz solar refletida no objeto observado durante vários horários diferentes.

c) (   ) O resultado do olhar humano


Atividade 2 - Observe o vídeo proposto para você desenhar uma paisagem com materiais como: lápis de cor, canetinha, giz de cera para fazer a textura utilizando a técnica impressionista.

1) Vídeo: https://youtu.be/XFtpbdg5R-8 - Vídeo propondo como desenhar usando a técnica do impressionismo no seu desenho.

2) Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=IbPD58yzUvM - Compreendendo como surgiu o impressionismo, principais nomes e característica do movimento artístico.

3) Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=vPPOPecD67g - Breve explicação sobre o impressionismo,

4) Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=tE2YsHm-NVg - Artista ensinando a pintar com a técnica impressionista.

Atividade 3 - ATIVIDADE COMPLEMENTAR:

Livro didático Se liga na Arte 8º ano - Capítulo 2 - página 24 e 25. Fazer as atividades propostas do livro.

Tema: Sobrevoo - O Barroco ontem e hoje. Com perguntas feitas referentes a escultura do artista italiano Gian Lorenzo Bernini (1598-1680) escultura do personagem bíblico Davi, com observação e reflexão sobre a obra e as características desse momento artístico.