ARTE - VESPERTINO - 6º ANO - PROFª ALINE - SEMANA DE 15 À 28/03

16/03/2021

Querido aluno, tudo bem com você? Espero que sim. Vamos estudar?

Nesta aula você será convidado a olhar para si mesmo e pensar em como registrar a própria imagem, além de fazer um breve passeio pela história da arte e descobrir como alguns artistas se retrataram. 

AUTORRETRATO

Você sabe o que é um autorretrato? 

"Autorretrato é uma forma de registro em que o modelo é o próprio artista." Existe há muito tempo, pois é natural do ser humano a necessidade de deixar algum registro de sua própria imagem, mesmo depois de sua passagem pela vida. Desde a "Pré-História homens e mulheres desenhavam suas identidades com a marca das mãos dentro das cavernas" usando pó colorido para fazer os contornos.

Durante o Renascimento, o autorretrato tornou-se bastante popular, pois os pintores começaram a retratar seus próprios rostos com o intuito de:
- "Deixar suas imagens gravadas para o futuro;
- Sentir que eram importantes como seres humanos e como profissionais;
- Expressar em suas pinturas o que sentiam internamente, suas emoções e seus pensamentos;
- Usar suas próprias imagens como pretexto para elaborar obras de arte, cuidando das cores, pinceladas, contornos, das texturas."

Ao longo da história da arte, muitos artistas registraram sua própria imagem das mais variadas formas e com diferentes técnicas. O retrato, e por consequência o autorretrato, é uma das mais antigas formas de representação.

Em busca de si mesmo

BARROS, Lenora de. Procuro-me. 2001. Papel jornal. Quatro cartazes lambe-lambe, 28,5 cm #24 cm cada. Edição ilimitada.

Desde o século XIX, a preocupação com a realidade é uma questão central na obra de muitos artistas. Provocar reflexões é um modo que vários deles encontraram para explorar essa questão.

Observe a imagem acima, da artista plástica e poeta Lenora de Barros (1953-). Nessa obra, Lenora brinca com a ideia de procurar a si mesma manipulando a sua imagem para obter diferentes autorretratos.

Responda: 

1) Você já sentiu a necessidade de procurar a si mesmo? Por que motivo?

2) O que muda em cada um dos autorretratos? No seu ponto de vista, por que a artista escolheu retratar-se assim e se representar tantas vezes em um mesmo cartaz?

3) A que tipo de cartaz essa obra remete? Resposta pessoal.

Lenora também faz uma performance com essa obra: ela vai a locais públicos com uma mala cheia de cartazes e cola-os em muros, portas e em locais de passagem. Enquanto procura a si mesma, ela desperta a curiosidade do público.

4) O que você imagina que seria possível encontrar em uma busca de si mesmo?

5) Agora é com você! Se posicione em frente a um espelho de sua casa e faça o seu autorretrato. Faça intervenções em sua imagem. Você pode usar canetas coloridas, tintas. Também pode fazer recortes ou usar papéis e aplicar objetos sobre a imagem. Sinta-se livre para fazer muitas alterações ou aplicar algum detalhe. Durante o processo, reflita sobre o que representa você, o que gosta e o que quer mostrar aos outros. 

Atividades Complementares: Usando o Livro Didático de Arte, faça uma leitura reflexiva das páginas 94 a 100, analise as imagens e responda as questões propostas. Um grande beijo! Sentirei saudade de todos vocês!