Ciências - Iniciativas e Ações Sustentáveis - Semana 06/07 à 31/07 - Professora Lorena

19/07/2021

Vamos continuar nossos estudos! Leiam o texto e realizem as atividades solictadas no caderno. não deixem de realizar as atividades pois são formas de avaliação.

Iniciativas e Ações Sustentáveis

Enfrentar problemas ambientais é uma tarefa complexa e cada vez mais necessária, que depende da ação individual e coletiva. A reciclagem do lixo é uma das medidas adotadas para conciliar as necessidades humanas e a preservação do meio ambiente.

Atividade (Livro, página 76)

1. Você tem o habito de encaminhar lixo para reciclagem? Por que reciclar o lixo é importante?

2. Você acha que seus hábitos cotidianos causam algum tipo de impacto ao meio ambiente? Qual ou quais?

3. É possível enfrentar problemas ambientais, como o excesso de lixo, com ações coletivas e individuais? Como?

Enfrentando problemas ambientais

Impactos ambientais tem consequências para todos os grupos da sociedade e, justamente por isso, devem ser avaliados de forma integrada. O meio ambiente é uma temática transversal, ou seja, que não está só associada ao meio natural, mas sim, interligada aos fatores econômicos e sociais da sociedade atual.

Identificar os problemas ambientais é o primeiro passo para o planejamento de soluções. Atualmente, no Brasil, os principais problemas são o desmatamento, a poluição, o consumo exagerado e o desperdício de recursos naturais.

Em uma escala menor em comparação ao poder público, todos nós temos responsabilidades por impactos ao meio ambiente em nossas ações cotidianas.

Pegada Ecológica: indicador sócio ambiental que representa a extensão de áreas produtivas terrestres e aquáticas que são necessárias para sustentar indivíduos, populações e comunidades, com base nos gastos de recursos materiais e energéticos.

Atividades (livro, página 80)

1. Você consegue identificar algum problema ambiental no seu percurso até a escola? Pode ser alguma situação que prejudique direta ou indiretamente o meio ambiente e que também possa afetar o bem estar da população humana.

2. Quais medidas individuais seriam necessárias para solucionar ou minimizar os problemas observados?

3. E do ponto de vista do poder público local, quais medidas poderiam ser adotadas?

Desenvolvimento Sustentável

Utilização de recursos e materiais que satisfazem as necessidades humanas, mas sem comprometer a satisfação dessas mesmas necessidades por gerações futuras. Aí está um importante aspecto da sustentabilidade: conciliar as ações atuais com equilíbrio e o bem estar futuros. Sendo assim, o uso dos recursos naturais deve dialogar com a capacidade ambiental de modo que não haja esgotamento com o passar do tempo.

Em outras palavras o desenvolvimento sustentável é a conservação ambiental integrada ao desenvolvimento social e econômico.

São exemplos de praticas sustentáveis o crédito de carbono e a compensação ambiental que são medidas que tem como principal objetivo estabelecer por meio de acordos jurídicos e financeiros medidas para contrabalançar os impactos ambientais previstos ou já causados por empresas.

Ações sustentáveis: da escola para a comunidade

Pequenas iniciativas podem fazer a diferença e contribuir para a construção de um ambiente mais justo, sustentável e diverso a curto e longo prazo.

A política dos Rs (erres)

Consumo consciente

Planejar e organizar de modo sustentável sua relação com a aquisição e o descarte de produtos.

Reciclagem

  • Papel
  • Plástico
  • Vidro
  • Metal


Atividades (livro, página 87)

1. Explique com suas palavras porque resíduos plásticos são um grave problema ambiental e como isso pode ser minimizado.

2. Existe iniciativa de reciclagem na sua região?

3. Quais os benefícios da reciclagem na comunidade?

Coleta seletiva de lixo

Compostagem

Processo pelo qual restos orgânicos podem ser transformados em adubo.

Atividade (livro, página 90)

1. Quais são os benefícios da compostagem?

2. Descubra para onde vai o resíduo orgânico da escola. Caso ele seja descartado, qual a sua proposta?

(livro, páginas 91 e 92)

Atividades 2, 3, 4 e 5, letra "a"

Genética

Se você tem irmãos provavelmente já percebeu que você compartilhar algumas características em comum, como tipo de cabelo, o formato dos olhos ou tom da pele. O mesmo ocorre entre os pais e os filhos. Mais, a não ser que sejam gêmeos idênticos, dois irmãos também possuem muitas dessas características diferentes entre si. Você sabe explicar as semelhanças e diferenças entre irmãos ou entre os pais e os filhos embora nossas características possam estar relacionadas ao ambiente que nos cercam e a nossa cultura, várias delas são herdadas dos Nossos pais. Atividades porque os filhos são parecidos com os pais e os irmãos, porque geralmente se parecem, mas nunca são completamente iguais o mesmo ocorre com outros animais e as plantas você sabe quem foi Mendel conhece alguma de sua contribuição para o estudo da genética.

Ao analisar a imagem, podemos notar semelhanças entre os pais e os filhos e entre os dois filhos. Por exemplo o formato do rosto, bem como a cor dos olhos, da pele e dos cabelos são parecidos. Apesar das semelhanças podemos também notar diferenças. Por que ocorrem semelhanças e diferenças vamos agora entender porque que isso acontece.

Células somáticas e reprodutoras

O corpo humano é formado por um grande número de células, que, por serem constituintes do corpo, são chamadas somáticas. É o caso das células da pele, dos olhos, dos rins, do estômago e dos demais órgãos.

Para reprodução, no entanto, formam-se células especiais nas gônodas, os gametas : o ovócito, nas mulheres, e os espermatozoides, nos homens.

Na fecundação, um ovocíto e um espermatozoide se unem e dar um origem a uma célula chamada zigoto. Esta sofre divisões celulares, originando indivíduo completo.

Os processos de divisão celular

Todas as células do corpo humano tem membrana plasmática, citoplasma e núcleo com exceção das células vermelhas do sangue, que não tem núcleo.

No núcleo da células, encontram-se os cromossomos, estruturas filamentosas que participam dos processos de divisão celular e da transmissão das características hereditárias. Cada cromossomo É formado por uma longa molécula de DNA associado a proteínas. Na célula somáticas, os cromossomos ocorrem aos pares. Cada par é composto por um cromossomo semelhante, que apresentam genes para as mesmas características. Os cromossomos de cada par são chamados de homólogos.

Na molécula de dênia, existem três shows que contém as informações hereditárias, que são passadas de pais para filhos. Esses trechos são genes. Em cada cromossomo existem muitos genes.

Curiosidade

A estrutura do DNA A estrutura da molécula de DNA (sigla que deriva do nome da molécula em inglês deoxyribonucleic acid, e que significa, em português, ácido desoxirribonucleicos) foi descrita pela primeira vez em 1953 por dois americano e um inglês; também participou deste trabalho uma pesquisadora inglesa que não foi muito reconhecida pois ela morreu pouco tempo depois devido ao seu trabalho ser realizado com raio X. Ela morreu aos 38 anos vítima de um câncer decorrente, provavelmente, de sua linha de pesquisa com raio X. Na época, não se sabia dos riscos que a exposição a esses raios causava no organismo, como alterações genéticas que leva ao desenvolvimento do câncer.

Na espécie humana, cada célula somática nuclear da apresenta 46 cromossomos, que formam 23 pares de cromossomos homólogos.

A célula que dá origem a um novo endivido é o zigoto, que tem 46 cromossomos. O zigoto sofre várias divisões e origina sempre células idênticas. Assim, todas as células do corpo humano tem a mesma constituição cromossômica e os mesmos genes. As diferenças de forma e de função que existem entre as células do corpo estão relacionadas a atuação dos genes. Em algumas delas, estão ativos apenas certo genes, em outras, são outros genes que atuam, e assim por diante. Como resultado disso verifica se a diferenciação das células.

Devido aos avanços científicos na área da genética, compreendemos algum tempo que os genes são responsáveis pelas características hereditárias, ou seja, aquelas transmitidas de pais para filhos. Aproximadamente na mesma época, o monge austríaco Greg mendel realizavam pesquisa sobre a hereditariedade de 1858 a 1866, ano da republicação do resultado de suas pesquisas, ele utilizou como objeto de estudo ervilhas.

Considerando a experiência de Mendel podemos chegar a conclusões. Para chegar o seu resultado cada organismo possui um par de fatores responsável pelo aparecimento de determinada característica. Esses fatores são recebidos dos indivíduos da geração paternal cada um contribui com apenas um fator de cada par. Quando um organismo tem dois fatores diferentes, é possível que uma das características se manifeste dominante sobre a outra, que não aparece recessiva. Essas conclusões foram reunidas em uma lei que ficou conhecida como a primeira lei de Mendel o ou lei da segregação de um par de fatores é costume anunciar assim cada caracter é condicionado por um par de fatores que se separam na formação dos gametas, nos quais ocorrem em dose simples.

Mendel continuou pesquisando e a partir de novos dados Mendel formulou sua segunda lei, também chamada Lei da recombinação ou lei da segregação independente, que pode ser enunciado da seguinte maneira em um cruzamento em que estejam envolvidos dois ou mais caracteres, os fatores que condicionam cada um se separam se segregam de forma independente durante a formação dos gametas, recombinando-se ao acaso e formando todas as combinações possíveis.

Gene é uma estrutura quimicamente constituída de DNA, encontrada no cromossomo. Cada característica é devida um ou mais pares de genes chamados alelos, situados numa mesma posição de um par de cromossomos homólogos, um de origem paterna e outro de origem materna.

Genótipo: conjunto de genes que determinam a característica hereditária representa-se por letras. Bb, AA, dd.

Fenótipo: aparência da característica hereditária. Exemplos: sementes de ervilhas podem apresentar fenótipo liso ou rugoso, fenótipo amarelo ou verde. O fenótipo sofre influência do meio ambiente.

Dominante: gene que manifesta o fenótipo. Exemplo: B (representação do gene dominante em letra maiúscula).

Recessivo : gene que não manifesta o fenótipo na presença do gene dominante. Exemplo: b (representação do gene recessivo letra minúscula).

Homozigoto: Indivíduo que tem genes alelos iguais para uma mesma característica.

Heterozigoto :Indivíduo que tem genes alelos diferentes para uma mesma característica.

Atividades

1 O que é genética?

2 O que diz a primeira lei de Mendel?

3 E o que são genes?