Ciências - Políticas públicas de saúde e vacinação - Semana 06/07 à 31/07 - Professora Lorena

19/07/2021

Vamos começar nosso estudo do capítulo 3 do livro didático. Façam a leitura do texto, e realizem as atividades o caderno. não deixem de realiza-lás. Tudo será utilizado como forma de avaliação.


A vacina protege ou cura? SUS, você conhece o significado dessa sigla? Você já tomou vacinas para quais doenças? Elas foram aplicadas nas época de campanha de vacinação?

O que é política pública de saúde

As políticas públicas são aquelas de responsabilidade do estado e que envolvem conjuntos de disposições, medidas e procedimentos de interesse público, com objetivo de garantir direitos previstos na Constituição. No caso específico da saúde, as políticas públicas visam a melhoria das condições de saúde da população. Essas medidas envolvem a promoção, proteção e recuperação da saúde dos indivíduos e da coletividade.

Saúde é considerada hoje, pela Constituição Federal, um direito de todos e dever do estado.

Os princípios básicos da saúde de acordo com o Ministério da Saúde:

- Universalização: saúde é um direito de todas as pessoas.

 - Equidade significa tratar desigualmente os desiguais. 

 - Integralidade: pessoas como um todo.

Campanhas de vacinação: iniciativa das políticas públicas de saúde

Em 1973 o Ministério da Saúde formulou o programa Nacional de imunizações penne. As vacinas são a forma mais eficaz de prevenir, e não de tratar, doenças causadas por vírus e bactérias, pois estimulam o sistema imunitária. Cada vacina é específica para prevenção de determinada doença.

O Ministério da Saúde promove campanha de vacinação em datas que constam do calendário oficial de vacinações.

O calendário Nacional de vacinação é elaborado levando em conta os riscos de transmissão de doenças na população, a vulnerabilidade e as especificidades sociais, com orientações diferenciadas para crianças, adolescentes, adultos, gestantes, idosos pessoas acima de 60 anos de idade e povos indígenas.

Atividade página 76

Você se lembra de alguma campanha de vacinação que tenha sido feita no município ou na região onde você mora? Em caso afirmativo essa campanha foi contra qual doença?

Vacinas e sua ação no corpo humano

Sistema imunitário é responsável por reconhecer e comandar reações de defesa contra os invasores. Nosso sistema imunitário atua de modo complexo e envolve a produção de proteínas chamadas anticorpos. Quando um agente estranho, que chamamos de antígeno, penetra no organismo, os anticorpos são produzidos por certos tipos de glóbulos brancos do sangue, os linfócitos B, como resposta a esse antígeno. Cada tipo de anticorpo específico contra o antígeno o que estimulou sua produção.

Esse mecanismo de produção de anticorpos é memorizado por células do sistema imune etário. Isso significa que, na vez seguinte em que nosso corpo entrar em contato com esse mesmo antígeno, a produção de anticorpos será muito mais rápida e em maior quantidade. Dessa forma, entende-se que o nosso corpo adquiriu imunidade para aquele determinado antígeno.

Cientistas utilizam o processo do sistema imunitária para induzir a imunidade adquirida nas pessoas por meio da vacinação. A ideia é estimular o sistema de defesa com algo que lembre o antígeno causador da doença ou que faça parte dele., Algumas vezes até o próprio microorganismo inativo morto ou atenuado enfraquecido é utilizado na fabricação de vacinas. As vacinas ativam o sistema imunitária e desencadeia um mecanismo de imunização ativa no organismo humano.

A imunidade adquirida e duradoura, embora em certos casos haja necessidade de doses de reforço da vacina para que a prevenção se complete.

A grande vantagem da vacinação é, portanto, que nosso corpo fica pronto para reagir imediatamente no caso de uma infecção por microorganismos, por causa da memória imunitária. Desse modo, o endivido estará pronto para combater-lo de forma mais eficiente, e a doença não se manifestará ou será mais branda.

Entre as doenças causadas por vírus a vacina para poliomielite hepatite a, hepatite B, febre amarela, diarreia aguda por rota vírus, gripe, sarampo, caxumba, rubéola, varicela e Conde Loma a com minado causado pelo vírus HP ver. Entre as causadas por bactérias, a vacinas para difteria, coqueluche, tétano e para alguns tipos de pneumonia e meningite.

Curiosidade

A história da vacina

palavra do latim que significa "vaca".

Atividade página 79

2. Uma epidemia caracteriza-se por um aumento do número de casos de uma doença em um pequeno intervalo de tempo, podendo atingir áreas cada vez maiores. Assim, qual é a importância das vacinas no momento de uma pandemia?

3. As campanhas de vacinação devem ser realizadas somente quando surgem as epidemias? Por que?

4. Qual a importância de vacinar os bebês em seu primeiro ano de vida?

Diferenças entre soro e vacina

Os soros diferem das vacinas quanto ao tipo de imunização. As vacinas estimulam a produção de anticorpos pelo sistema imunitária, falando se imunização ativa, pois é o corpo que vai reagir e produzir esses anticorpos. Os soros, por sua vez, já contêm os anticorpos contra doença, sendo de efeito curativo, e não preventivo. Neste caso, falácia imunização passiva, pois não é o corpo que vai produzir os anticorpos, ele receberá prontos.

Além dos Soros contra mordida de serpente (antiofídico) e contra picadas de aranhas escorpiões, há também a produção de soros contra infecções: antitetânico (para o tratamento de tétano), antirrábico (para o tratamento de raiva humana), antidiftérico (para o tratamento da difteria) e antibotulínico (para o tratamento de alguns tipos de botulismo).

Soro e vacina no caso da raiva

No caso específico da raiva a vacinação eficiente mesmo após a mordida, o que é uma exceção em relação as demais vacinas, as quais devem ser tomadas antes da exposição ao agente causador da doença. Isso só é possível porque o período de incubação do vírus da raiva no local da mordida é longo o suficiente para que a vacina estimula o sistema imunitária antes de ouvir o chegar ao sistema nervoso. O soro atua como uma imunização passiva pois contém anticorpos prontos para combater o vírus. Os sintomas da raiva manifestam-se entre 20 a45 dias depois da contaminação. Após o aparecimento dos sintomas, entretanto, a morte acontece em menos de uma semana!

Atividades, Responda:

página 82: número 2, 3, 5 e 6.

página 83: número 8

página 84: número 10

página 87: a revolta da vacina.

Indicadores de saúde e ambiente

Página 88 responda

1. Como a qualidade da água que chega até as casas pode estar relacionado com a saúde de uma população?

2. C que você sabe a respeito do tratamento de água no município onde você vive?

3. Você sabe o que é saneamento básico? Em caso afirmativo, dê um exemplo de medida de saneamento básico que existe no município onde você mora.

4 Você conhece alguma doença que é adquirida pelo consumo de água contaminada?

5. Você já ouviu falar em indicadores de saúde? Em caso positivo, cite alguns.

Planejando ações de saúde pública

É necessário conhecer as necessidades de cada região, município e comunidade: quais aspectos de saúde são precários? A problemas de poluição? A quais riscos ambientais as pessoas estão vulneráveis?

Identificar essas possíveis necessidades é um aspecto chave para busca de soluções. Assegurar a qualidade de vida da população e o cuidado com planeta.

Indicadores são informações científicas, coletadas e quantificadas por meio de metodologia adequada, com objetivo de avaliar determinadas condições ao longo do tempo.

Os indicadores cumprem três requisitos básicos: relevante, consistência e de mensurabilidade.

Indicadores de serviços

Em termos de saúde da população, é indispensável levar em consideração os diferentes serviços e condições que promovem a qualidade de vida, higiene e segurança. Esses serviços podem ser utilizados como indicadores ambientais e de saúde na avaliação e planejamento dos municípios.

Cobertura de saneamento básico

No Brasil, o saneamento básico é um direito assegurado pela Constituição e é definido como o conjunto dos serviços relacionados ao abastecimento de água potável; ao tratamento adequado do esgoto sanitário; a limpeza urbana;a coleta; ao transporte e ao destino do lixo; a drenagem ao manejo das águas da chuvas; e a manutenção das redes de água na cidades.

Saneamento ambiental é considerado um conjunto de ações sociais e econômicas com objetivo de manter um ambiente saudável e capaz de prevenir a ocorrência de doenças veiculadas pelo ambiente, além de promover condições favoráveis à saúde das populações urbanas e rural.

Considerando o crescimento das áreas urbanas no Brasil, é fundamental o cuidado com o ambiente. O tratamento de água e de esgoto, a coleta e o tratamento do lixo são questões relevantes na promoção da melhoria da qualidade de vida das populações.

Gráfico da página 91

A coleta de esgoto 50 por porcento da população brasileira possui, já o tratamento de esgoto é uma realidade de apenas 45% da população brasileira.

Com relação ao lixo, embora a grande maioria dos municípios brasileiros disponha do serviço de coleta de resíduos, cerca de 28% ainda destino ao lixo coletado para lixes. Trata-se de um grande desafio a ser enfrentado pois a disposição inadequada do lixo pode causar poluição das águas e do solo, bem como problemas de saúde.

Uma das soluções mais viáveis para reduzir o volume dos resíduos produzidos é o consumo consciente, ou seja, saber fazer escolhas do que realmente é necessário consumir e o que consumir. Aliado a isso, o estímulo a coleta seletiva contribuir para diminuir a quantidade de resíduos Disposta em lições, aterro sanitário e outros destinos, gerar empregos, melhorar a condição de trabalho dos catadores de lixo, permite a reciclagem e, com isso, economizar energia e recursos naturais.

Atividade

1. O que são indicadores? Porque eles são usados em estratégias de saúde pública?

2. Observe novamente o gráfico sobre o acesso aos serviços de coleta de esgoto no Brasil na página 93. Como indicador varia ao longo do tempo? E como ele varia entre as regiões do Brasil?

Cobertura de vacinação

Uso do indicador é essencial para identificar situações de insuficiência nas quais medidas de intervenção, como campanhas de vacinação são necessárias.

O Programa Nacional de imunização penne teve início com quatro tipos de vacina e hoje oferece 27 a população sem qualquer custo.

Responda página 95

1. O que o indicador cobertura de vacinação, ou taxa de imunização, revelou sobre a imunização da população nos últimos anos?

2. Quais fatores são apontados no texto como possíveis causas para a redução observada na Cobertura Vacinal?

3. Qual a importância de manter elevadas taxas de cobertura de vacina?

A cobertura de poços de saúde, que representa um importante aspecto na avaliação do acesso da população a medicamentos e assistência médica.

Atividades página 95

aplique registre 1 a 4

Incidência de doenças relacionadas ao saneamento ambiental inadequado

Em geral, populações de regiões menos desenvolvidas são mais vulneráveis a essas doenças, justamente pela falta ou precariedade de saneamento ambiental e de medidas preventivas.

Tabela da página 96

Mapa da página 97, atividades 1 e 4.

Além das doenças citadas no quadro da página anterior, mais recentemente o Brasil viveu um surto de chikungunya e de Zica, duas doenças transmitidas por picada de insetos e que também estão relacionadas a falta de saneamento e medidas preventivas.

Indicadores demográficos

Além dos aspectos relacionados ao ambiente, para garantir a qualidade de vida de uma população, é necessário também levar em consideração os aspectos demográficos, isto é, aqueles relacionados a características de populações humanas, como o crescimento, migração, natalidade e mortalidade.

  • Crescimento populacional
  • Taxa de natalidade
  • Taxa de mortalidade
  • Taxa de mortalidade infantil menores de um ano de idade
  • A esperança de vida ao nascer
  • Grau de urbanização

Indicadores de Morbidade e saúde

A morbidade corresponde ao número de portadores de uma determinada doença em relação à população total de uma área.

Indicadores de Morbidades são fundamentais para compreender a distribuição de doenças no país avaliar seu impacto nas populações bem com agir futuras ações de combate as doenças que acometem determinada região.

Taxa de prevalência indica o número de casos existentes de determinada doença.

Taxa de incidência corresponde ao número de novos casos de uma doença por 100 mil habitantes em determinada região e período de tempo.

Indicadores ambientais

Indicadores ambientais são utilizados para monitorar aspectos relacionados a biodiversidade e para a gestão dos recursos naturais.

  • Emissões de gases de efeito estufa
  • Espécies da fauna e da flora ameaçadas distinção
  • Cobertura vegetal nativa remanescente
  • Desmatamento anual por bioma
  • Áreas de florestas públicas
  • Consumo de agrotóxicos e afins
  • Índice de qualidade da água dos rios
  • Reserva de água doce

Atividades página 104

1. Você concorda com afirmação acima? Os indicadores ambientais estão profundamente ligados a qualidade de vida e ao bem estar da população, tanto em ambientes rurais quanto em urbanos.

2 Escolher dois indicadores mencionados no texto e explique como eles podem contribuir para a saúde pública e o bem estar da população.

3. Se fosse possível mensurar os dois indicadores que você escolheu com relação a cidade em que vive, o que você esperaria que eles mostrasse? É possível melhorar as condições que eles refletem?

Tecnologias a favor da qualidade de vida

Quando se fala em tecnologia, deve se considerar todo o conjunto de técnicas e equipamentos e conhecimentos necessários para realização de uma tarefa.

Dois indicadores demográficos merecem destaque nesse contexto de melhorias tecnológicas: a expectativa de vida e a mortalidade infantil. A expectativa de vida de alguém que nascesse na década de 1940, por exemplo, era em torno de 45 anos, já em 2016, passou a ser de quase 76 anos.

Os exemplos citados depende fortemente de um componente da modernidade a internet.

Atividades página 107

1. Como as tecnologias digitais podem contribuir para a melhoria da saúde pública em individual?

2. Você conhece outros aplicativos sobre vacina onde?

Atividade página 108, 2,4 e 7.