GEOGRAFIA - 9º ANO - PROF:IRIS -        SEMANA 18 - 31/03/2021 -            Continuação da matéria sobre               Capitalismo x socialismo

17/03/2021

                                                             MAPA MENTAL DO CAPITALISMO X SOCIALISMO

Oláaaaaaaa lindezas....

Como estão espero que bem. Estamos na quarentena e por esses dias, irei passar algumas atividades para vocês.

Façam com calma e com carinho, qualquer dúvida pode entrar em contato comigo, no horário de aula, estarei a disposição.

Bjkas,se cuidem.

AS FASES DO CAPITALISMO

As fases do capitalismo foram divididas em três: capitalismo comercial, industrial e financeiro. Em cada um desses momentos, o sistema capitalista se reinventou para atender as necessidades financeiras da sociedade.

Desde o início, o capitalismo sempre teve um objetivo: garantia de lucratividade. Fosse com o mercantilismo, no século XVI, com as indústrias ou com os monopólios e oligopólios que vemos hoje.

Em cada uma das fases do capitalismo, todos os aspectos que compõem uma sociedade, cultura, política, educação e, principalmente, a economia, sofreram com sua interferência.

Como o capitalismo surgiu

O feudalismo era a estrutura de organização até o início do século XV. O feudo (terra) era o bem mais importante que um cidadão poderia ter naquela época. Uma pessoa com larga extensão de terra tinha prestígio, poder, e era favorecida pela nobreza.

Era um sistema que não permitia evolução econômica ou social. Quem nascia como senhor feudal, vivia assim. E quem nascia como servo, assim permanecia até o momento da morte. Acima dos senhores feudais ficavam apenas a nobreza e o clero.

A agricultura, autossuficiente, era a principal fonte de renda. E ela continuou sendo por um longo período até que, a população continuou a se desenvolver, uma nova classe que enriquecia com o comércio das feiras livres surgia e as expansões marítimas recebiam cada vez mais incentivos. Em pouco tempo o feudalismo começou a entrar em decadência. Aquele modelo econômico ficava cada dia mais insustentável.

Como a população continuava a crescer, as mercadorias vindas de outros países davam sinal de que era preciso abrir espaço para os produtos do exterior. Foi assim que surgiu o sistema capitalista. Nascia a Idade Moderna.

Fases do capitalismo


A Idade Moderna foi marcada pelos impactos sofridos no campo político, mas principalmente no econômico. A burguesia, classe que estava em ascensão e buscava prestígios, dava indícios de que iria conquistar cada vez mais espaços e participar ativamente das decisões de interesse público, coisa que era impossível na Idade Média.


Nobreza e burguesia se aliaram para investir nas expansões marítimas. Explorando os recursos naturais das colônias da América do Sul e África, as metrópoles ficavam cada vez mais ricas.

Esse mercado lucrativo deu origem a um novo sistema econômico, o capitalista. Tal modelo econômico tem como objetivo principal a obtenção do lucro. As fases do capitalismo foram: o capitalismo comercial, capitalismo industrial e o capitalismo financeiro.

Capitalismo Comercial

As fases do capitalismo foram marcadas por crenças diferentes. Na primeira fase, acreditava-se que a riqueza do mundo não poderia ser aumentada, mas redistribuída. Por isso, a necessidade de acumular riquezas, prática que ficou conhecida como mercantilismo.

No Capitalismo Comercial, a manufatura, sistema de produção em que o trabalho é feito de forma artesanal e fragmentada, tornou-se meio de trabalho. Muitas fábricas e estabelecimentos comerciais do período contratavam os trabalhadores para realizar serviços da manufatura.


Principais características do Capitalismo Comercial ou Mercantil:

• Monopólio comercial;
• Protecionismo;
• Balança comercial favorável;
• Metalismo;
• Controle estatal da economia.

Capitalismo Industrial


O Capitalismo Industrial ganhou força com a Revolução Industrial na Inglaterra. Dentre as fases do capitalismo, essa foi a que apresentou mudanças significativas para a época no setor da indústria e economia. Adotou-se o liberalismo econômico de Adam Smith, deixando para trás o controle estatal da economia.

A Revolução Industrial do século XVIII trouxe a máquina movida à vapor e, como resultado, levou as indústrias ao crescimento. Os produtos da manufatura (artesanais) deram lugar aos produtos industrializados. A busca por trabalho se tornou mais intensa, já que as máquinas substituíram a força de trabalho humana.


Nesse período também predominou o excedente de produção, saturação dos mercados e a precarização do trabalho.Capitalismo financeiro

A terceira fase do capitalismo ou o Capitalismo Financeiro surgiu após a Segunda Guerra Mundial. Depois da crise de 29, o liberalismo começou a ser questionado e os Estados passaram a intervir na economia.


Bancos e multinacionais dominaram o cenário econômico nesse período. Também conhecido como Capitalismo Monopolista, ficou caracterizado pelo monopólio no comércio.Suas principais características são:


• Urbanização acelerada;
• Especulação financeira;
• Monopólio e oligopólio no comércio;
• Concorrência internacional;
• Evolução tecnológica.

O capitalismo financeiro surgiu ao final do século XIX e início do século XX através da fusão entre capital industrial e capital bancário. Sobre a história e características dessa etapa do sistema capitalista, julgue os itens a seguir:

I. É o período da história do capitalismo em que as próprias ações das grandes empresas tornaram-se mercadorias, isto é, passaram a ser negociadas como produtos;

II. Nesse sistema, as empresas procuram assegurar a lei da livre concorrência para baratear os seus produtos e conquistar o mercado consumidor;

III. É a fase do capitalismo em que mais se ofereceram condições para a proliferação das empresas multinacionais;

IV. O capitalismo financeiro foi construído para combater a suposta ameaça socialista soviética no mundo.

São corretas as afirmativas:

a) I e II

b) I e III

c) II e IV

d) I, II e III

Assinale a alternativa abaixo que NÃO possui nenhuma relação com o capitalismo financeiro:

a) expansão das multinacionais.

b) III Revolução Industrial.

c) surgimento de empresas economicamente mais poderosas que alguns países.

d) promoção do protecionismo alfandegário em todo o mundo.

Quanto mais complicada se tornou a produção industrial, mais numerosos passaram a ser os elementos da indústria que exigiam garantia de fornecimento. Três deles eram de importância fundamental: o trabalho, a terra e o dinheiro. Numa sociedade comercial, esse fornecimento só poderia ser organizado de uma forma: tornando-os disponíveis à compra. Agora eles tinham que ser organizados para a venda no mercado. Isso estava de acordo com a exigência de um sistema de mercado. Sabemos que em um sistema como esse, os lucros só podem ser assegurados se se garante a autorregulação por meio de mercados competitivos interdependentes.
POLANYI, K. A grande transformação: as origens de nossa época. Rio de Janeiro: Campus, 2000 (adaptado).

A consequência do processo de transformação socioeconômica abordado no texto é a:

A)Expansão das terras comunais.

B)Limitação do mercado como meio de especulação.

C)Consolidação da força de trabalho como mercadoria.

D)Diminuição do comércio como efeito da industrialização.

E) Adequação do dinheiro como elemento padrão das transações.

Favor copiarem no caderno as páginas:

Página 12: O Capitalismo, socialismo e suas características.

Página 13: O Sistema Capitalista e as fases;

Página 15: Capitalismo Industrial e Capitalismo Financeiro

Página 16: As características do capitalismo

Página 18: O Sistema Socialismo;

Página 19: O Socialismo na União e no Leste Europeu

Página 23: Atividade (1,2,3,4).

Aos alunos que estavam no presencial, iniciei a explicação da matéria até a página 15.

No retorno estarei corrigindo os cadernos e explicando.

Qualquer dúvida favor, entre em contato comigo pelo watzap