História - Primeira Guerra Mundial - 9º anos A,B,C,D - Professora Tânia Rochele

07/06/2021

#Correção da atividade de 20/05 a 06/06

Produção de um desenho, retratando a letra da música Racismo é Burrice. Trabalho e autoria pessoal (aluno).

Olá queridos alunos!!!! Como estão? Espero que tudo esteja bem.Fim do primeiro trimestre, ufa.... agora partiremos para o segundo trimestre cheios de fantásticas Histórias. 

 Continuando com nossas Histórias..... Hoje começaremos a transcorrer em um mar de sangue, violência, bombas, tanques, mortes é a PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL.

Preparados, então vamos lá para mais conhecimentos!!!!!!

CONTEÚDO DO PERÍODO DE 07/06 A 20/06

A PRIMEIRA GUERRA (1914-1918)

Causas

Disputa Imperialismo entre Alemanha, França e Grã-Bretanha - prática de expansão política, cultural, territorial e econômica.

Nacionalismo Pangermanismo, que servia como suporte ideológico para os alemães defenderem a expansão territorial, colocar a Alemanha como força econômica e militar.

O ressentimento da França em relação a Guerra Franco-prussiana 1870. A derrota da França considerada humilhante por dois aspectos: a rendição ter sido assinada na Galeria dos Espelhos, no Palácio de Versalhes e pela perda da Alsácia-Lorena região ricas em ferro e carvão

Geradas por esse cenário deram início a uma corrida armamentista conhecida como Paz Armada.

Paz Armada é uma expressão utilizada para caracterizar a ausência de guerras envolvendo mais de duas potências europeias, do fim da Guerra Franco-Prussiana (1870-1871) até a eclosão da I Guerra Mundial em 1914, daí o termo "Paz". Ao mesmo tempo, nesse período se intensificava a produção de armas em larga escala nas indústrias - por isso o uso da palavra "Armada".

Movimentos nacionalistas:

Pan-eslavismo: união dos povos eslavos da Europa Oriental

Pangermanismo: anexação à Alemanha de territórios da Europa Ocidental onde viviam germânicos

Estopim: assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, Herdeiro do trono austro-húngaro em Sarajevo, 28/07/1914. Autor: Gavrilo Princip, estudante

sérvio membro do grupo armado Mão Negra, que lutava pela unificação dos territórios que continham sérvios (Pan-eslavismo) Reação da Áustria-Hungria contra a Sérvia.

Ativação da política de alianças

Tríplice Aliança (Alemanha, Itália e Império Austro-Húngaro) (mais tarde a Itália entra para Tríplice Entente)

Tríplice Entente (França, Grã-Bretanha e Império Russo).

Fases da guerra:

Primeira fase (1914-1915): movimentação das forças; ofensiva da Alemanha sobre a França e contraofensiva francesa; equilíbrio de forças

Segunda fase (1915-1917): guerra de trincheiras, garantia de posições, período de grande desgaste para as tropas.

Terceira fase (1917-1918): entrada de outros países na guerra (EUA, abr./1917)

Ainda em 1917 Rússia sai da guerra devido a questões internas relacionadas a Revolução Russa.

Fim do conflito: Entrada dos EUA foi decisiva (desequilíbrio de forças)

Início de 1918: Alemanha isolada e sem forças para sustentar os combates

Assinatura de armistício (acordo de paz), sendo a Alemanha: obrigada a assinar o Tratado de Versalhes que define suas obrigações, declarando-a culpada da Guerra.

O Tratado de Versalhes impõe à Alemanha: restituir a Alsácia-Lorena à França; ceder as minas de carvão do Sarre à França por um prazo de 15 anos; ceder suas colônias, submarinos e navios mercantes à Inglaterra, França e Bélgica; pagar aos vencedores, uma indenização, reduzir seu poderio bélico; proibida de possuir força aérea e de fabricar armas; proibida de ter um exército superior a 100 mil homens.

Com a Primeira Guerra Mundial houve um elevado número de mortes devido ao uso de novas armas (metralhadoras, gases tóxicos, lança-chamas e projéteis explosivos); uso de aviões e submarinos. A fome nas regiões afetadas, devido à destruição de diversas estruturas econômicas (plantações, estradas, portos, fábricas). A economia direcionada à produção de artigos para a guerra e o uso da força de trabalho feminina (especialmente na Inglaterra, França, Itália).

Consequências da Guerra

Desemprego, destruição mortes, muitos jovens mutilados pelos horrores da guerra e uma economia destroçada são as consequências nefastas desse conflito. A Europa saiu da Guerra arrasada financeira e socialmente. Deixou de ser o centro de poder político e econômico, passando esse posto para os Estados Unidos que se beneficiaram ajudando na reconstrução da Europa.

BRASIL NA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

A participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial foi tímida e aconteceu apenas no último ano, a partir 1917. Não houve envio de soldados brasileiros para as batalhas. Após o ataque de um navio brasileiro carregado de café por navio alemães, o Brasil declarou guerra à Tríplice Aliança.

A participação brasileira se deu através do envio de equipes médicas, de armamentos e equipamentos de soldados, além da exportação de produtos agrícolas como café, borracha, açúcar e demais gêneros aos aliados da Entente.

A HISTÓRIA QUE NINGUÉM QUER CONTAR

BATALHA DAS TONINHAS: O INACREDITÁVEL ERRO DA MARINHA BRASILEIRA QUE FICOU MARCADO NA HISTÓRIA DA PRIMEIRA GUERRA

Quando submarinos alemães explodiram dois navios brasileiros que carregavam café do Porto de Santos, em abril de 1917, o ato funcionou como declaração de guerra da Tríplice Aliança ao Brasil, que entra no conflito ao lado dos EUA.

Sem grande tradição de guerras intercontinentais, a Marinha brasileira é convocada para lutar junto à Entente no Mediterrâneo.

O Brasil manda então uma frota de navios ao outro lado do Atlântico como suporte a seus aliados. Circundando Dacar, em novembro do ano seguinte, o almirante Fernando Frotin, no comando do cruzador Bahia, recebe ordens de navegar a norte e adentrar à orla do Mediterrâneo, em direção ao coração da guerra. Mas é alertado pelos britânicos para ficar atento, pois os submarinos alemães já haviam afundado o encouraçado HMS Britannia (do Reino Unido) que havia sido designado para acompanhar a flotilha brasileira nessa viagem.

Partindo para Norte, os brasileiros adentram o mediterrâneo atravessando o estreito de Gibraltar quando percebem uma movimentação estranha nos arredores do navio e o aparecimento de algo na superfície da água, confundido com o periscópio de um submarino inimigo. Como não havia tecnologia para identificar quem gerava aquela movimentação à época, Frotin, no comando da operação e sido alertado da presença dos alemães, ordena que sua frota abra fogo contra as entidades.

A cena logo é substituída pelo silêncio constrangedor que assistia ao sangue que subia e se dissolvia na água salgada do mar: os canhões do Bahia atingiram um cardume de toninhas (matando 46), mamífero marinho parecido com o golfinho e que circundava inocentemente os barcos que passavam na região. Como o fazem até hoje.

ATIVIDADES

Leia o texto "A VIDA NO CAMPO DE BATALHA", da página 48 do livro didático.

Copie as perguntas nº 1,2,3 e responda no seu caderno. Tire uma foto envie no privado do whatsap, colocando seu o nome da escola, seu nme e a turma.

Copie a pergunta e a resposta certa no seu caderno. Tire uma foto e envie

01-Qual alternativa apresenta a composição correta dos blocos militares, formados na Primeira Guerra Mundial:

A - Tríplice Aliança (Espanha Itália e Alemanha) e Tríplice Entente (Estados Unidos, França e Japão)

B - Tríplice Aliança (Rússia, Alemanha e Itália) e Tríplice Entente (Japão, Alemanha e Grã-Bretanha)

C - Tríplice Aliança (França, Alemanha e Rússia) e Tríplice Entente (Portugal, França e Estados Unidos)

D - Tríplice Aliança (Itália, Império Austro-Húngaro e Alemanha) e Tríplice Entente (Rússia, Grã-Bretanha e França)

02-Sobre o fim da Primeira Guerra Mundial é correto afirmar que:

A - Os países da Tríplice Aliança venceram o conflito e retomaram o controle de diversos territórios na Europa, Ásia e África.

B - Embora derrotados, Alemanha e Império Austro-Húngaro não sofreram punições e restrições militares.

C - Os países da Tríplice Aliança o Potências centrais saiu derrotados e foram forçados a assinarem o Tratado de Versalhes, que impôs severas punições e restrições aos derrotados, principalmente à Alemanha.

03- O Tratado de Versalhes, assinado em 1919, após a I Guerra Mundial, foi um conjunto de decisões estabelecidas por alguns países cujo objetivo principal era: a) impor duras condições à Alemanha derrotada; b) ajudar econômica e militarmente a Alemanha e a Itália; c) promover o desenvolvimento do pan-eslavismo; d) iniciar o movimento conhecido como "Paz Armada".

Para maior entendimento veja

 https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/batalha-das-toninhas-um-jocoso-erro-da-marinha-brasileira-que-entrou-para-historia-na-primeira-guerra-mundial.phtml

Paródia Hit's do Chico: Primeira Guerra Mundial 

Paródia de história que aborda alguns dos principais aspectos da Primeira Guerra Mundial, entre os anos de 1914 e 1918. 

Melodia: Banho de Lua - Celly Campello Letra: Professor Chico d'Avila 

"Século XX tem guerra, a primeira mundial, é pelo imperialismo, disputa territorial, tem potência emergente e também tradicional. Tem a Tríplice Entente, Inglaterra, Rússia e França; Alemanha, Itália e Áustria, formam a Tríplice Aliança, mas pra guerra começar, Ferdinando vão matar... Tem guerra de movimento, trincheiras mas no momento dos finalmente, tem E.U.A na Entente..."

https://www.youtube.com/watch?v=Hq5hEGFWGS4 

 PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL: RESUMO | HISTÓRIA | QUER QUE DESENHE? https://www.youtube.com/watch?v=6P89N-WrnLk&t=80s

Bom estudo.