História- Prof. Itamar (01 a 15-04-2021)

01/04/2021

Olá! tudo bem? Sejam bem vindos a mais uma semana de atividades, essa semana iremos estudar O que é História. Ok?

Gabarito da atividade semana 15 a 31-03-2021

Questão n º 1-E

Questão nº 2- a)-R- Não, eles foram trazidos de regiões diferentes.

                         b R-Não, eram tratados de forma sub-humana.

                         c) R-Não, o quilombos eram lugares de refúgio para escravos que fugiam das fazendas, por causa dos maus tratos.

Questão nº 3- C



EMEF "DARCY RIBEIRO"                                                                       I- BIMESTRE / História- EJA

Aluno: ______________________________________________ 5º Série/2021

Prof. Itamar Dias                                                                                      01 a 15-04-2021 / ATIVIDADE Nº 3

Nosso tema será: O que é História

O que é História?

História é a ciência responsável por estudar os acontecimentos passados. Esse estudo, no entanto, não é feito de qualquer maneira, pois o historiador, em seu ofício, deve colocar em prática uma análise crítica do seu objeto de estudo a fim de racionalizar a conclusão sobre os acontecimentos investigados.

A palavra "história" tem origem no idioma grego e é oriunda do vocábulo "hístor", que significa "aprendizado", "sábio". Sendo assim, faz referência ao conhecimento obtido a partir da investigação e do estudo. A importância da História está em seu papel de nortear o homem no espaço e no tempo, dando-lhe a possibilidade de compreender a própria realidade.

O conceito de História recebe definições distintas de acordo com diferentes historiadores. O historiador Marc Bloch, por exemplo, considera que a História não é a ciência que estuda os acontecimentos passados, mas sim a ciência que estuda o homem e sua ação no tempo. Outros entendem como o estudo das transformações na sociedade humana ao longo do tempo.

Nesse sentido, o papel do historiador é fazer uma análise crítica que o permita chegar a uma conclusão sobre determinado acontecimento passado a partir da investigação de fontes históricas. O historiador não deve glorificar ou demonizar determinado acontecimento, mas deve analisá-lo criticamente, utilizando todas as fontes que estiverem ao seu alcance e empregando métodos de análise que o auxiliem em seu exercício.

Quando se iniciou a História: O surgimento da História enquanto ciência e campo de estudo foi obra dos gregos antigos. Heródoto é considerado o pai da História. Seu trabalho aconteceu por meio da sistematização dos eventos da história dos gregos e de outros povos da antiguidade, como os egípcios. Um dos eventos da história grega narrados por Heródoto foram as Guerras Médicas, conflito travado durante a invasão da Grécia pelos persas.

Tucídides foi o primeiro historiador a utilizar, de fato, um método de análise que permitisse reconstituir e formular uma análise a respeito de um acontecimento passado. Seu trabalho foi a respeito da Guerra do Peloponeso, conflito travado entre as cidades de Atenas e Esparta.

As fontes históricas e as interpretações: Nem sempre os historiadores trabalharam com a diversidade de fontes históricas com que trabalham hoje. Durante o século XIX (de 1801 a 1900), as principais fontes ou documentos históricos utilizados pelos historiadores em suas pesquisas eram os textos escritos, sobretudo os de origem oficial, emitidos pela administração do Estado: leis, decretos, certidões de nascimento, atestados de óbito, acordos diplomáticos, cartas entre governantes etc. As fontes escritas e os documentos oficiais ainda são muito utilizados nas pesquisas, mas, como você sabe, atualmente outros vestígios materiais e imateriais também são valorizados.

Além das ideias sobre as fontes históricas, outra concepção do século XIX não é mais aceita hoje: a de que a tarefa dos historiadores seria simplesmente revelar o que teria acontecido no passado, como se houvesse uma versão verdadeira, única e absoluta. Afinal, como chegar a uma versão verdadeira e única sobre o passado, se cada fato foi vivenciado por pessoas diferentes, que ao registrá-los ou relatá-los o fizeram a partir de seu ponto de vista? Hoje está claro para os historiadores que a História não é o retrato exato do passado, mas uma interpretação sobre parte desse passado. Podem existir, inclusive, várias interpretações ou relatos sobre um mesmo acontecimento. Isso não quer dizer, contudo, que qualquer versão pode ser aceita, porque a História não é um relato ficcional. Ao investigar o passado, os historiadores reúnem muitos documentos e versões diferentes sobre o período em estudo; em seguida, cruzam todas as informações, verificam se elas são confiáveis e escrevem uma narrativa consistente sobre os acontecimentos.

Exercício

1. Agora que você já estudou sobre o assunto, responda o que é  História?

______________________________________________________________________________________

2. Quem é que faz a História?

___________________________________________

3-Quando um historiador se debruça sobre a História, qual o conceito que se torna fundamental para compreender os momentos vitais do processo histórico?

a) Sistema
b) Estrutura
c) Subsistema
d) Transição

Aprofundar conhecimento, pesquisar em :

https://www.google.com/search?q=O+que+é+história+toda+historia&client

1-De acordo a discussão em sala de aula, divida os itens abaixo em fonte material ou imaterial. Escreva "material" ou "imaterial" na frente de cada uma das palavras:

Brinquedos

Memórias

Canções

Brincadeiras

Roupas

Fotografias

Conhecimento

Livros